Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gotas de Sol

25.08.21

O medo

Menina do Mar
      Desde sempre me conheço a dar voz aos medos que habitam em mim e nunca soube lidar muito bem com eles.      Sinto que alguns foram mais fáceis de controlar e outros ainda habitam em mim e condicionam-me um bocadinho. Deste modo, sem conseguir ultrapassá-los, tento contorná-los sempre que se tornam mais vivos em mim, o que não é fácil. À medida de vamos crescendo, vamo-nos conhecendo melhor e começamos a perceber o que podemos fazer para nos sentirmos melhor.    No (...)
24.06.21

Amar-me

Menina do Mar
      Qual é a minha primeira casa!? O meu corpo.       Para quê estar sempre a encontrar defeitos no corpo onde habitamos toda a vida!?      Houve muitos anos que odiava o meu corpo. Não que andasse a pensar nisso a toda a hora, mas, por exemplo, na hora do banho eu não gostava do que via no espelho. Magra. Esquelética quase. Não porque queria. Era por uma questão de ansiedade que não conseguia comer… Tinha a perfeita noção do que via no espelho. Magra. Magríssima. (...)
17.06.21

A sorte que temos (e nem sabemos)

Menina do Mar
     É obrigatório pensar, cada vez mais, no que realmente importa na vida o no quão sortudos somos…         Tirei a fotografia acima de propósito para colocar aqui: um frigorífico recheado.       Eu abri o frigorífico, na altura, e pensei no quão sortuda sou por ter um frigorífico assim, cheio. Cheio de legumes, cheio de fruta, cheio de ovos, manteiga, sumos, iogurtes, sobremesas… E no congelador carne e peixe.      Quantas (mas mesmo quantas) pessoas adultas e (...)