Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gotas de Sol

Qua | 25.08.21

O medo

Menina do Mar

74.jpg

      Desde sempre me conheço a dar voz aos medos que habitam em mim e nunca soube lidar muito bem com eles.

     Sinto que alguns foram mais fáceis de controlar e outros ainda habitam em mim e condicionam-me um bocadinho. Deste modo, sem conseguir ultrapassá-los, tento contorná-los sempre que se tornam mais vivos em mim, o que não é fácil. À medida de vamos crescendo, vamo-nos conhecendo melhor e começamos a perceber o que podemos fazer para nos sentirmos melhor.

   No meu caso, eu começo a perceber quando o medo está a invadir-me e coloco em prática soluções que me ajudam a diminuí-lo.

     Eu tenho uma fobia que me impede de fazer algumas coisas e me deixa extremamente ansiosa. Nestes momentos, por exemplo, eu sei que tenho de me mexer. Pode ser a lavar a loiça, passar a ferro (são coisas que gosto de fazer), pintar, escrever, desenhar… Estas são algumas das estratégias que comecei a perceber que resultam quando o meu medo está a elevar mais e mais a minha ansiedade.

      Estes exemplos não são regra geral. São aqueles que eu percebi que resultam comigo.

     Se tens algum medo, terás de te compreender a ti próprio e perceber o que funciona contigo. No fundo, o que funciona é aquilo que te faz mudar de pensamento para algo que não seja um transtorno para ti.

   Se eu te puder ajudar de alguma forma, não exites em entrar em contacto comigo. Se eu te conseguir ajudar com uma mensagem/ e-mail já fico muito feliz porque sei o quão difícil percorrer o caminho até chegar à meta.

 

      NOTA: Nem sempre é fácil. Nem sempre consigo. Apenas vou tentando conhecer-me e colocar algumas coisas em prática.

1 comentário

Comentar post