Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Gotas de Sol

Dom | 15.05.22

Apenas um sonho!?

Menina do Mar

      Não escrevo aqui há algum tempo.

      Perdão por isso, mas a vida não tem permitido.

      Hoje preciso.

 

      Lembram-se deste post que fiz sobre a compra de casa!?

      Hoje venho falar de algo semelhante – o casamento.

    Não! Não fui pedida em casamento!!! Mas sonho com isso. Sonho e ontem cheguei mesmo a chorar.

       Porquê!?

     Começando pelo início… Eu sonho desde pequena com o meu dia do casamento. Para mim é, de facto, importante. Já fico triste pelo facto de não ser na igreja, pois ele não quer. Mas do fundo do coração eu respondi-lhe “Eu prefiro que seja civil e que estejas presente do que ser na igreja e não estejas, de todo, a sentir aquilo que se está a celebrar”. Faz-me diferença, confesso. Não sou católica praticante, mas tenho uma ligação muito forte com isso.

     Outra coisa é que o tenho de convencer… Tem sido uma tarefa árdua, pois ele não sonha com esse dia. Para mim é muito mais importante do que para ele.

      E eu quero que aconteça, mas nasci pobre…

      Bom…

    Trabalho há 6 anos e parece que não tenho nada amealhado, mas o facto é que tenho um carro (velhote!) comprado com o dinheiro do meu trabalho e tenho uma casa que comprámos o ano passado.

      Afinal está investido!...

      Mas há sempre despesas adicionais e ele não cai do céu. Todos sabemos isso.

      E deixa-me triste.

     Ontem andámos a passear no fórum e sempre que passávamos numa ourivesaria eu ia dar uma olhada. No fundo para o chatear por causa do anel!!!! Vi alguns que nem são muito caros, comparativamente a outros e até lhe disse “Vêeeees?! Eu nem te dou grande despesa…”. O pior veio depois. Aconteceu ver as alianças – os formatos – mas olhei para o preço e a minha expressão facial mudou… Até que viemos embora e eu no caminho para casa mal falei. Estava triste.

      Em casa desatei a chorar agarrada a ele.

    De facto, por mais que eu queira fazer algo simples, um dia, não sei se serei capaz financeiramente. E fiquei tão triste com esta realidade. Tão triste mesmo…

      Sempre sonhei, mas nunca tive bem a noção dos valores que estavam em jogo.

      Gostava de fazer algo como posso.

      Não me quero endividar por causa de uma festa.

      Mas… Bolas… Sempre sonhei com o meu dia (com a pessoa que chegasse a mim)…

      Tenho o coração em pedacinhos e apenas vi o preço das alianças…

      Nem quero imaginar o resto.

 

      Como lhe disse ontem, agarrada a ele, não sei se vou conseguir ter o meu dia de princesa…

 

      Posto isto…

      … continuo a dizer para ensinar aos mais novos o custo de vida, conversar com eles e ir incutindo a poupança. Para que um dia eles consigam fazer alguma coisa… Nem que seja realizarem um sonho, comprarem um carro, terem uma casa, terem dinheiro para a comida… É tão importante “abrir os olhos” aos mais novos…

 

      Para que um dia consigam ser felizes…

 

[continuo sem conseguir publicar fotos :( ]

2 comentários

Comentar post