Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gotas de Sol

Qui | 24.06.21

Amar-me

Menina do Mar

foto.jpg

      Qual é a minha primeira casa!? O meu corpo.

      Para quê estar sempre a encontrar defeitos no corpo onde habitamos toda a vida!?

     Houve muitos anos que odiava o meu corpo. Não que andasse a pensar nisso a toda a hora, mas, por exemplo, na hora do banho eu não gostava do que via no espelho. Magra. Esquelética quase. Não porque queria. Era por uma questão de ansiedade que não conseguia comer… Tinha a perfeita noção do que via no espelho. Magra. Magríssima. E nunca gostei.

   Na praia… Eu amo praia. Usava biquíni, mas não gostava. Caminhar da toalha até ao mar era intimidatório para mim. Só se viam ossos…

     Mas CHEGA.

     Toda a gente a dar-me a mão, a caminhar comigo e eu a olhar numa única direção??

     CHEGA.

   Encontrei o namorado que me valoriza e que me ajuda a eu própria me valorizar… Como não agradecer tudo isto?? Não só a ele, mas também a todas as pessoas que sempre me deram a mão...

     Os problemas de ansiedade continuam, mas consigo controlar melhor e comer melhor.

     Sinto diferenças no que vejo, embora continue magra.

     Coloco as mãos na cintura e não sinto só ossos. Que alegriiiiia!

     Pernas mais definidas, muito derivado às caminhadas que comecei a fazer com o L.

     Não sou nenhuma modelo, nunca quis ser…

     Nasci de olhos castanhos, continuam a ser castanhos, mas estou a mudar a minha visão perante a vida, começando pelo meu bem-estar físico e mental.

      A mudança sempre esteve em mim. Eu apenas não queria acreditar nisso.

      Porquê??

     Simples. Porque custa muito ganhar balanço, ganhar coragem e dar o passo seguinte. No entanto, quando tens ao teu lado pessoas extraordinárias e, principalmente, quando te valorizas e acreditas em ti, vais conseguir encontrar forças onde nunca esperaste – no fundo do teu ser…

    No meu caso, foi feito muito trabalho mental (que ainda continua a ser feito todos os dias). Aprendi a agarrar oportunidades, a não me importar com o que o vizinho do lado diz, a focar no meu objetivo, a querer amar-me acima de tudo. Sabes porquê? Porque eu sou a pessoa mais importante da minha vida.

     E tu!?

    Tu és a pessoa mais importante da tua vida. Faz por ti. Faz para ti. Acredita. Luta. Define objetivos. Vence. E se em algum instante sentires que estás a perder na tua luta, acredita que esse momento é o balanço para uma etapa ainda melhor.

 

Escrito do meu coração para o teu coração!

Qui | 24.06.21

Alimentação (mais) saudável

Menina do Mar

      Sinto que a chegada do Verão me permite ter uma melhor alimentação, uma vez que é uma época em que apetece mais fruta de diferentes variedades, alface, tomate… É uma época onde introduzo mais legumes na minha alimentação.

    O L. veio ajudar-me nesse aspeto. A ter mais atenção à minha saúde, tanto a nível de exercício físico como alimentação.

    Eu odiava cozinhar, mas no outro dia dei por mim na cozinha, a preparar o jantar com gosto naquilo que estava a fazer… Preparei peito de perú cortado aos pedacinhos e à parte cozi feijão verde, cenoura e massa. No final misturei tudo e ficou uma delícia. Além disso, tinha tomate cherry à parte para completar a refeição! Como assim eu comi feijão verde e cenoura!?!? Isso antes não acontecia e agora está a mudar para melhor! Decidi dar asas à minha imaginação e adorei o resultado! Estava delicioso!

   Realmente, ter atenção a nós mesmos torna-se muito importante. Estarmos atentos ao nosso corpo, à nossa mente e à nossa alma.

    O que nos muda para melhor é sempre bem-vindo. Só temos de estar atentos para perceber o que nos faz bem e o que não nos acrescenta nada positivo…

Qua | 23.06.21

Beber água - um hábito

Menina do Mar

PouringWater.jpg

      Antes, para mim, era um tormento beber água. No Verão acabava por ser mais fácil, porque o próprio corpo pedia para beber. No Inverno!? Ai… No Inverno, uma garrafa cheia servia para uma semana inteira e ainda sobrava.

      Mas há cliques na nossa vida.

     Foi depois de duas infeções urinárias (quase seguidas), no ano passado, que levei muita tareia na cabeça e tive de mudar.

     Além das dores terríveis que uma infeção urinária traz, eu ouvi muito e pensei muito.

     Menina do Mar:

     - queres teres problemas nos rins?

     - queres voltar a ter infeções urinárias?

     - queres ter problemas, no futuro, no teu sistema urinário?

     - queres continuar a prejudicar a tua saúde?

    Pois… Aqui percebi que há coisas que estão fora do nosso alcance, mas se fizermos tudo o que podemos fazer para ajudar a nossa saúde, já estamos a fazer muito.

    Está tudo na nossa cabeça. Eu não conseguia beber água de manhã, mas isso mudou. Atualmente, bebo, sensivelmente, metade da garrafa de água de manhã e outra metade da parte da tarde…

    Confesso que continua a ser mais difícil beber água no Inverno, mas este ano, depois de mudar o chip, não me portei nada mal tendo em conta o que era antes…

     É uma questão de hábito e uma questão de persistência connosco mesmos.

      Por nós. Pela nossa saúde.

Pág. 1/6