Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gotas de Sol

Sex | 12.02.21

Por amor a ti: 8 hábitos saudáveis!

Menina do Mar

139.png

(imagem retirada da internet)

      Bom diiia!

      Hoje venho trazer-vos uma lista de hábitos que, feitos diariamente, podem fazer com que tenhamos uma vida mais saudável.

      Claro está que têm de ser executados durante vários dias seguidos e só assim irás perceber que, realmente, fazem a diferença na tua vida. O corpo necessita de tempo para se habituar à nova rotina/ aos novos hábitos.

Vamos começar!?

      1 – Deves perceber o número de horas de sono que são essenciais para o teu corpo. Eu, por exemplo, tenho de dormir, no mínimo 8h. Após perceberes quantas horas deves dormir, calcula a que horas tens de te levantar e deita-te, no dia anterior, mais cedo…

     2 – Bebe água! O nosso corpo é constituído, maioritariamente, por água. É necessário ires hidratando o teu corpo durante o dia… É mesmo uma questão de hábito! Eu antes não conseguia beber água de manhã e agora já não passo sem ela!

       3 – Vitamina D. Apanha sol sempre que puderes, seja na hora de almoço, ou em algum espaço que tenhas do teu dia. Claro está que em dias de chuva tal não é possível, portanto, aproveita quando o sol decide dar o ar da sua graça!

       4 – Reduz o nível de açúcar na tua vida. Tenta fazer uma alimentação o mais saudável e natural possível. Esquece aqueles alimentos processados como as bolachas… Às vezes sabe bem, mas não faças disso um hábito diário…

      5 – ! Tenta encontrar um tempinho no teu dia que te permita ler, focar na história e estar apenas no momento. Seja na hora de almoço, quando chegas a casa (para desligares do trabalho) ou antes de ir para a cama.

     6 – Pratica exercício físico! Seja uma caminhada, corrida, yoga, ginástica… Mexe o teu corpo! Cada vez mais acredito que é mesmo essencial e acreditem que eu era a pessoa mais parada que possam imaginar… No início vai custar, mas a médio/ longo prazo vai saber a mel!

    7 – Come frutas e vegetais! Eu sou a miúda da fruta, confesso! Seja no fim das refeições ou ao lanche… Não passo sem ela! Adoro! Gosto da sensação de frescura! Experimenta adicionar este hábito ao teu dia a dia.

      8 – Esta dica não é para todos. É para quem sente que o deve fazer: MEDITA! É algo que eu adoro e que me faz bem, mas também sinto que há dias em que não o consigo fazer, seja por não me conseguir concentrar ou por outros motivos. Ainda assim, na maior parte das vezes sinto-me extremamente conectada quando o faço! Mas… TU já experimentaste?

 

Espero que tenha sido útil!

Qui | 11.02.21

Atividade: Sopa de Letras (4/ 5 anos)

Menina do Mar

      Andei a brincar com o meu sobrinho! Lembrei-me de fotografar para vos mostrar!

    Vamos a uma atividade que podem fazer com os vossos filhos neste tempo em que estão em casa… É uma atividade que se destina aos 4/ 5 anos… Depende da altura em que a criança começar a manifestar gosto e interesse pelas letras.

    O meu sobrinho tem 5 anos e já há algum tempo que mostra interesse pelas letras… Também andava a trabalhar este tema no jardim-de-infância!

      Propus fazer uma sopa de letras com ele!

    Primeiro, com a tampa de um iogurte, desenhei bolinhas numa folha. Com uma caneta desenhei uma letra em cada bola.

     A ideia era ele pintar cada bola, mas ele tinha estado a pintar antes e não lhe apetecia pintar mais, então saltei esta tarefa…

     Começámos, efetivamente, pelo RECORTE! O F. teve de recortar as bolinhas todas.

     Depois voltei a fazer bolinhas noutra folha e escrevi uma letra em cada bola.

  O F. ordenou as bolinhas recortadas em cima da mesa e depois começámos a fazer a correspondência. Ele agarrava uma bolinha, dizia que letra era e depois procurava!

     Seguem, de seguida, fotografias das várias etapas… Espero que seja útil...

jogo1.jpg

jogo2.jpg

jogo3.jpg

jogo4.jpg

jogo5.jpg

 

Dom | 07.02.21

Fim do isolamento. Olá liberdade!

Menina do Mar

1 (324).jpg

(imagem retirada da internet)

      Acordava todos os dias e tentava perceber se tinha algum sintoma novo ou se estava tudo bem. Felizmente as dores de cabeça começaram a passar e todos os dias tive uma palavra de agradecimento. Era mais forte do que eu. Eu estava a sentir-me, no meio de toda a confusão, uma sortuda.

      Agradecer ter acordado. Agradecer não ter sintomas. Agradecer um novo dia.

      Na quinta-feira passada saí do isolamento.

      Finalmente, livre outra vez! Senti um alívio imenso em mim.

      Estava feliz, ansiosa e desejosa de (re)começar!

     Cada vez mais acredito que há coisas menos boas que têm de nos acontecer. Coisas essas que são a rampa de lançamento para um futuro melhor.

    Houve tempo para reflexões. Quero começar a saborear a vida e dar-lhe um verdadeiro sentido. Sinto que já perdi tanto que não quero continuar a fazê-lo. Tenho 28 anos e sinto que ainda não aproveitei quase nada do que a vida tem para oferecer.

     Quero fazer o que gosto, o que me faz bem à mente, ao corpo e à alma. Quero lutar por objetivos e criar a vida dos meus sonhos. Porque não sonhar alto?

    Nos últimos dias em que estive isolada decidi fazer uma lista daquilo que queria fazer quando estivesse em liberdade.

Quero…

- Cuidar mais de mim;

- Praticar exercício/ Praticar yoga;

- Ouvir música e dançar sem regra;

- Descobrir receitas novas e saudáveis;

- Escrever mais;

- Meditar;

- Andar descalça na terra/ na natureza;

- Correr na praia de braços abertos;

- Caminhar;

- Agradecer todos os dias;

- Ler mais…

 

      Na minha opinião, temos de levar a vida de uma forma mais leve. Contra mim falo, porque sou a pessoa que mais peso tem nos ombros, mas quero contrariar isso. Não vai ser fácil. Não vai ser de um dia para o outro.

       Luta. Persistência. Resiliência.

       Anseio pela tranquilidade. Por poder respirar ar puro, sem medo…

       Enquanto isso, vou fazendo o que posso, na medida que me é permitido.

 

(Posso agradecer outra vez!?)

Pág. 4/4